Prisões de fraudadores e morte por H1N1: veja os fatos da semana



Prisão de suspeitos de tentativa de fraude em concurso da UFPB, ex-secretária virando ré e morte por H1N1 estão entre os assuntos mais importantes da semana entre a segunda-feira (8) e a sexta-feira (12) veiculados pelo Portal CorreioRelembre abaixo.

Segunda-feira (8)

Quatro candidatos no concurso da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) foram presos em flagrante, no domingo (7), ao tentar fraudar as provas. Os suspeitos estavam inscritos para os cargos de administrador e assistente em administração. As prisões fizeram parte da Operação Ponto Final, da Polícia Federal, em João Pessoa e Rio Tinto.
Três das quatro pessoas presas suspeitas de fraudar o concurso da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) são concursadas em órgãos de Pernambuco, como o Samu, a Universidade Federal de Pernambuco e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O presidente Jair Bolsonaro sancionou, na segunda-feira (8), a lei que desburocratiza as regras do Cadastro Positivo. O texto havia sido aprovado nos Plenários da Câmara dos Deputados no dia 20 de fevereiro e do Senado Federal no dia 13 de março. Na avaliação da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do SPC Brasil, o novo texto deve democratizar o acesso ao crédito e estimular a competição entre instituições financeiras e varejo.

Terça-feira (9)

Presa preventivamente desde o dia 16 de março, a ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, virou ré no caso investigado pela Operação Calvário. Com a decisão da Justiça, que acatou o recebimento da denúncia feita pelo Ministério Público, Livânia é considerada acusada de corrupção por suposto envolvimento em organização criminosa, envolvendo a Cruz Vermelha, Organização Social que gerencia hospitais no Estado.
A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) reprovou na terça-feira (9) o projeto de lei que tornaria facultativo a fixação de cartazes contra discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, assegurados pela Lei Estadual nº 10.909/2017.

Quarta-feira (10)

Um total de 1.183.605 paraibanos vão precisar ser vacinados contra a gripe durante a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começou na quarta-feira (10) e segue até o dia 31 de abril, tendo 4 de maio como o Dia Nacional de Mobilização para a vacinação.
Um homem de 25 anos morreu com suspeita de H1N1. A morte aconteceu na quarta-feira (10) na Unidade de Pronto Atendimento de Santa Rita (UPA), que fica no bairro de Tibiri, em Santa Rita, na Grande João Pessoa.
O governador João Azevêdo participou, na quarta-feira (10), da solenidade de comemoração dos 100 dias de gestão, realizada no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.
Na ocasião, o chefe do Executivo estadual assinou a autorização de licitação para construção dos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) de João Pessoa, Campina Grande e Patos e assegurou recursos para a implantação do Sistema de Videomonitoramento que somam investimentos superiores a R$ 40 milhões na área da Segurança Pública da Paraíba.
O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou constitucional na quarta-feira (10) a lei que permitiu aos cartórios de registro civil a oferta de serviços remunerados como emissão de documentos de identificação e de veículos. Em geral, esse tipo de serviço é prestado em cartórios em cidades pequenas.
Nacional e Botafogo-PB entraram em campo na noite da quarta-feira (10), no Estádio José Cavalcanti, em Patos, pela primeira partida das equipes nas semifinais do Campeonato Paraibano. O jogo foi bastante movimentado, com direito a expulsão de jogador e invasão de dirigente e torcedor em campo, mas, no fim da disputa, quem saiu vitorioso foi o Belo, de virada, por 2 a 1, com gols de Marcos Aurélio e Dico.

Quinta-feira (11)

O presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã de quinta-feira (11) vários instrumentos de mudanças e novas políticas para o país, que fazem parte das ações de 100 dias de governo. Entre eles, o que estabelece o 13º para o Bolsa Família, a Política Nacional de Alfabetização e a revogação de colegiados com a participação da sociedade civil no âmbito da administração pública federal.
Onze novos redutores de velocidade foram instalados em trechos da BR-230, entre João Pessoa e Cabedelo, na região metropolitana, mas os equipamentos vão ficar desligados por tempo indeterminado.
O edital para concurso com 230 vagas na Prefeitura de Cabedelo está previsto para ser lançado em setembro deste ano. A definição partiu do prefeito Vítor Hugo, na quinta-feira (11), junto com Comissão Especial de Concurso Público. As vagas serão distribuídas em 24 cargos de níveis médio e superior.
Uma mulher de 40 anos foi confirmada como a terceira vítima diagnosticada com malária no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa, na quinta-feira (11). Ela deu entrada na quarta (10) com os sintomas da doença que, através de exames rápidos, foi confirmada.
O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, foi recebido em audiência na tarde da quinta-feira (11), em Brasília, pelo presidente em exercício da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Ricardo Sérgio Maia Bezerra, e técnicos do órgão. Na ocasião, o gestor deu novo encaminhamento ao requerimento da Prefeitura para abertura de processo administrativo solicitando a extinção do Termo de Autorização de funcionamento do Aeroclube da Paraíba, localizado no bairro do Bessa.

Sexta-feira (12)

Os recentes golpes aplicados via WhatsApp utilizando os nomes das vereadoras Helena Holanda e Eliza Virgínia, ambas do Progressistas, e do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) vão ser alvo de uma investigação da Polícia Civil. Nos crimes contra as vereadoras, a suspeita é de que funcionários da operadora de telefonia tenham participação na fraude.

Postar um comentário

0 Comentários