Investigação sugere que podem haver novas vítimas de estupro em colégio de JP

Foto: Rizemberg Felipe
Pais e mães de alunos que estudam no colégio particular onde uma criança foi vítima de estupro por parte de outros estudantes e com a suposta participação de um funcionário afirmam que o clima é de muita angustia, principalmente porque pode haver outras vítimas. 
De acordo com fontes ligadas à investigação, já seriam quatro vítimas e outros casos ainda podem aparecer. A direção local se reuniu ainda na manhã desta terça-feira (12) com o diretor-geral que veio de Ribeirão Preto, para tratar dessa questão. O colégio deve se pronunciar ainda hoje. 
De acordo com o delegado do Menor Infrator, Gustavo Carletto, o crime envolve adolescentes e crianças, tanto vítimas quanto quem cometeu e as investigações vem ocorrendo desde o ano passado.
"O inquérito está em fase final, recebeu mandados de busca e apreensão dos adolescentes e cumpriu três ontem (segunda-feira). Eles já estão no Centro Educacional do Adolescente", disse. 
Quanto ao quarto adolescente que ainda não foi localizado, o delegado afirmou que as buscas procuram, mas acredita que a família deve perceber que não deve escondê-lo e apresentar o menor às autoridades.
Carletto também destacou que caso apareçam outras vítimas, novos inquéritos serão abertos e novas investigações. 
PARAIBA.COM.BR

Postar um comentário

0 Comentários