Cerca de 30 placas de sinalização são destruídas em rodovia da PB

http://www.maispb.com.br/wp-content/uploads/2019/03/
A Polícia da Paraíba está investigando a a destruição de cerca de 30 placas de sinalização vertical na última quinta-feira (7) na rodovia Anel do Cariri, trecho da PB-186 que liga Caraúbas a São Domingos, no Cariri paraibano. A investigação foi solicitada pela diretoria do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba, bem como pela chefia da Residência Rodoviária instalada em Sumé, que fez um Boletim de Ocorrência na delegacia de polícia da área. O DER  já providenciou a reposição de todas as placas no referido trecho rodoviário.
O superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, ao ser notificado da ocorrência, nesta sexta-feira (8), solicitou providências das autoridades policiais para punir os responsáveis pelo crime, principalmente os danos materiais. Com um amplo material fotográfico em mãos, o dirigente disse que todas as placas verticais existentes no trecho rodoviário foram destruídas pelos vândalos, não sabendo por qual motivo.
Carlos Pereira disse, ainda, que destruir placas de sinalização das vias públicas é crime, previsto no Artigo 163 do Código Penal Brasileiro. “Quem for flagrado destruindo ou inutilizando o patrimônio público da União, do Estado, do Município ou de empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista, pode resultar em pena de detenção que varia de seis meses a três anos, além de multa” – disse o dirigente.
O trecho citado, bem como todo o Anel do Cariri, que foi pavimentado e recentemente inaugurado pelo Governo do Estado, beneficiando diversos municípios da região, tirou do isolamento várias cidades com um investimento de R$ 150 milhões.
Vale lembrar que várias pessoas residentes na região já se manifestaram contra a depredação da sinalização, afirmando que é inadmissível que alguém tenha a coragem de destruir uma sinalização de rodovia, cujos maiores beneficiados são os próprios usuários, já que servem para evitar acidentes e, consequentemente, salvar vidas no trânsito.
Veja fotos
MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários