Professor é preso por importunação sexual em escola de Campina Grande

 

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Um professor de Geografia, de 48 anos, foi preso nesta quinta-feira, 28, pelo crime de importunação sexual. Ele trabalhava na escola estadual Dom Luiz Gonzaga Fernandes, no bairro das Malvinas.

De acordo com a Polícia, a acusação inicial dava cona de que o professor teria assediado duas adolescentes dentro da sala de aula, e que as práticas eram constantes.

Uma das alunas relatou que ele tentou beijá-la no pescoço e que, por mais que ela se afastasse, ele teria insistido. Os próprios jovens, colegas da menina, teriam repreendido a ação do acusado.

Outra adolescente de 15 anos, relatou que passou por situações parecidas, com toques em sua mão e insinuações sexuais.

De acordo com a direção da escola, o professor e as alunas envolvidas foram ouvidos, mas a versão do homem é de que os alunos estariam inventando a situação, devido a problemas com as notas.

Após a conversa na diretoria, o professor tentou sair da escola, mas foi impedido pelos alunos e pela mãe de uma das menores, que acionou a Polícia.

O homem foi levado para a Central de Polícia e autuado pelo crime de importunação sexual, que não cabe fiança. Ele vai passar por audiência de custódia.

O professor trabalhava na escola desde 2018.

*Com informações da TV Paraíba


PARAIBA ONLINE

Postar um comentário

0 Comentários