Polícia prende mulher acusada de torturar enteada com golpes na cabeça

 

A Polícia Militar prendeu uma mulher de 40 anos acusada de espancar a enteada de 14 anos, na noite desta segunda-feira (18), em João Pessoa. Vizinhos fizeram a denúncia aos policiais, que levaram a acusada para a Central de Polícia.

O caso ocorreu no Bairro das Indústrias. Ao chegarem no local, os policiais perceberam que a vítima tinha marcas pelo corpo. Em depoimento, ela contou que seria alvo de torturas praticadas pela madrasta. O Conselho Tutelar foi acionado e acolheu a adolescente, que deve ser encaminhada para um local longe da acusada.

No local, a polícia apreendeu um pequeno serrote, além de um um pedaço de madeira com pregos, que seriam usados no ato. A delegada Amim Oliveira, titular da Delegacia da Mulher, mencionou que a jovem relatou agressões nos braços e na cabeça.

O pai da adolescente cumpre pena em regime aberto, com uso de tornozeleira eletrônica. Contra ele, inclusive, pesa uma medida protetiva solicitada pela mulher. A mulher ficou detida na carceragem da central, onde deve aguardar audiência de custódia.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários