Operação mira servidores de prefeitura que fraudavam abastecimento de veículos

 

A Polícia Civil da Paraíba, a partir de ações do GTE e Núcleo de Homicídios da Seccional de Itabaiana, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 6, a Operação “Carburate”, que desarticulou suposto esquema de fraudes envolvendo servidores da Prefeitura de Itabaiana e um posto de combustível local.

Segundo o delegado Danilo Orengo, as investigações apontaram que as notas de abastecimento eram adulteradas e veículos que já não mais pertenciam a Prefeitura Municipal estavam sendo abastecidos, ocasionando um desvio de aproximadamente de R$160 mil.

Dentre os envolvidos, estão dois servidores públicos municipais e um funcionário do Posto de Combustível. Os investigados estão respondendo pelos crimes de associação criminosa, peculato e falsidade ideológica.

“As investigações começaram quando representantes da Prefeitura Municipal se dirigiram até a Delegacia de Itabaiana e noticiaram a fraude. A operação é resultado de trabalho de investigação policial que teve origem no mês de maio de 2022, e apura a existência de supostas condutas ilícitas perpetradas por servidores da Prefeitura Municipal de Itabaiana e do Posto de combustível local”, disse o delegado.

A Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão domiciliar na cidade de Itabaiana e de Mogeiro, bem como prosseguirá as investigações para esclarecer a participação de outros envolvidos nos crimes em questão. O nome se dá devido a essência da investigação, pois seria o desvio de combustível que alimenta motor a explosão.

MAISPB

Postar um comentário

0 Comentários