Polícia investiga ligação de paraibanos presos com conhecidos de Carlinhos Maia

A Polícia Civil de Alagoas investiga se os três paraibanos presos, nesta terça-feira (7) por participarem do furto milionário do apartamento de Carlinhos Maia, têm relação com pessoas próximas ao influenciador digital.

“É uma evolução grande, porque já identificamos o veículo e as pessoas vinculadas ao crime. Os vínculos locais dessas pessoas ainda serão objetos de análise mediante as apreensões que fizemos”, disse o delegados Thales Araújo, durante coletiva de imprensa, durante a tarde de hoje, em Alagoas.

Os suspeitos foram presos em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Eles já tinham sido presos antes cometendo crime da mesma espécie no Estado.

Além disse, a Polícia acredita que os presos façam parte da execução do plano e é preciso identificar a autoria intelectual.

“Nós estamos trabalhando todas  as outras hipóteses da autoria intelectual. Ainda não se pode apontar com firmeza  para não fazer um apontamento leviano. Mas toda hipótese está sendo trabalhada”, afirmou outro delegado do caso, Lucimério Campos.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários