Governador afirma não ter tempo de procurar família Feliciano

 

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O governador da Paraíba, João Azevêdo, afirmou nesta nesta segunda-feira (27) que ainda não foi procurado pelos “Feliciano” (o deputado federal Damião e a vice-governadora Lígia) para tratar de apoio político e que ele também não foi atrás por não ter tido tempo de procurar as pessoas.

“Eu acho que cada um segue seu caminho e sempre digo que eu tenho uma forma de fazer política que provoca, muitas vezes, para alguns, um sentimento de incompreensão. Entretanto, eu acho que as pessoas têm autonomia e direito de escolher seus próprios caminhos. É assim que se faz”, explicou Azevêdo sobre seu posicionamento.

O governador enfatizou ainda que não pode estar indo atrás de alguém que já escolheu um determinado caminho, pois Damião tem uma história e ele já está percorrendo o seu caminho, ou seja, ao lado do pré-candidato ao governo do Estado Pedro Cunha Lima (PSDB).

“Eu continuo dizendo que o governo vai tentar, logicamente, fazer com que se agregue o maior número de pessoas em torno de um projeto, que eu acho que é bom para a Paraíba. É isso que estamos buscando”, referendou.


PARAIBA ONLINE COM Hacéldama Borba

Postar um comentário

0 Comentários