Funcionários da Caixa pedem a saída de presidente após acusação de assédio

 

Foto: TV Globo/Reprodução

Funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) fizeram um ato em frente à sede do banco nacional, em Brasília, para protestar contra o presidente Pedro Guimarães. O ato está relacionado às denúncias de assédio sexual que surgiram contra o gestor da estatal na noite de terça-feira (28).

A manifestação foi organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores. A entidade pede que Pedro Guimarães saia imediatamente do cargo. Manifestantes fazem discursos contra o presidente. Além disso, estão entregando flores às funcionárias que entram e saem do prédio.

Apesar de que a investigação segue em andamento no Ministério Público Federal (MPF), o Governo Federal já está decidido da saída do gestor do cargo. A principal cotada a assumir a presidência da Caixa Econômica é a secretária especial do Ministério da Economia Daniella Marques Consentino.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários