Colegiado recomenda uso de máscaras para paraibanos com comorbidades

 

Foto: Gustavo Wolffenbuttel/Governo de SC

O Colegiado Estadual para Avaliação dos Protocolos Novo Normal Paraíba emitiu nota técnica, nessa segunda-feira (6), recomendando que a população volte a usar máscaras e complete o esquema vacinal contra a Covid-19. A medida ocorre após aumento nos casos de síndrome gripal, Covid-19 e registro da monkeypox, a varíola do macaco.

A recomendação é para que o uso de máscaras seja adotado por pessoas do grupo de risco, como imunossuprimidos, com comorbidades, idosos, principalmente acima de 70 anos e gestantes; pessoas não vacinadas, ou com vacinação incompleta.

Além disso, o equipamento de proteção deve ser usado nos estabelecimentos e serviços de saúde como hospitais, clínicas, consultórios, laboratórios e farmácias, locais estes que possuem maior risco de transmissão do vírus. Tanto por profissionais quanto pelos usuários.

O colegiado ainda recomenda que todo contactante de pessoas confirmadas com Covid-19 utilizem máscaras por dez dias, contados a partir do último contato.

A nota cita que o número de SRAG por outros agentes etiológicos e outros vírus respiratórios (OVRs) tem aumentado substancialmente, com o predomínio de infecções bacterianas e Vírus Sincicial Respiratório. Não sendo diferente do cenário observado em outros locais e do que já era visto em anos anteriores com a chegada do período de chuvas e inverno.

“Os dados epidemiológicos apontam crescimento no número de casos positivos e internamentos mesmo que ainda em situação de controle e estabilidade, a indicar um cenário que requer ampliação dos reforços para a vacinação e desta forma evitar o adoecimento”, diz trecho da nota.

O colegiado conclui ressaltando que as máscaras são efetivas em reduzir a transmissão, são seguras e de uso simples.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários