PT oficializa pré-candidatura de Lula à Presidência com críticas a Bolsonaro

 

Ex-presidente Lula durante ato em São Paulo

O Partido dos Trabalhadores lançou oficialmente neste sábado (07) a pré-candidatura Lula à Presidência da República. Apesar de o petista está em pré-campanha desde a virada do ano, o partido ainda não tinha oficializado o nome do ex-presidente.

O ato aconteceu em São Paulo e reuniu diversas lideranças de todo país, dentre elas o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) e o senador Veneziano Vital do Rêgo, pré-candidato ao governo pelo MDB contra João. Os dois sentaram na mesma fileira.

Ao discursar, Lula falou em voltar a dar protagonismo ao Brasil. “Não é digno deste título, o ser humano que não derruba uma lágrimas diante de brasileiros revirando o caminhão de lixo. Tudo que fizemos e o povo conquistou está sendo destruído por esse governo”, disse o presidenciável, prosseguindo.

“Nossa soberania e democracia são constantemente atacadas pela política irresponsável e criminosa do atual governo. Desmontam, sucateiam e colocam à venda nossas empresas mais estratégicas. Entregam de mão beijada o patrimônio do povo brasileiro”, destacou.

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato a vice na chapa do PT, Geraldo Alckmin (PSB), participou do evento por meio de um vídeo após ser diagnosticado com Covid-19.

João Azevêdo esteve acompanhado da comitiva do PSB. “Hoje temos um compromisso importante com a democracia e o nosso futuro. Ao lado de grandes companheiros, participo do lançamento da pré-candidatura de Lula e Alckmin à Presidência da República. Unidos pelo Brasil”, disse Azevêdo.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários