Mulher suspeita de atropelar motoboy em João Pessoa vai responder por homicídio culposo

 


O delegado Marcos Vasconcelos, responsável pelo caso que investiga a morte do motoboy Bruno Barros, de 28 anos, no último sábado (14), revelou que a motorista, envolvida no acidente, irá responder por homicídio culposo, ou seja, aquele onde não há intenção de matar.

Ainda conforme as informações policiais, o próximo passo da investigação é tentar buscar imagens de circuito interno de segurança para confirmar se foi a motorista ou o motociclista quem avançou o sinal vermelho.

“Temos a equipe na rua. Vamos juntar tudo, perícia e testemunhas. Vamos analisar todas as provas para elaborar um relatório e encaminhar o fato ao judiciário”, disse o delegado em entrevista à TV Cabo Branco.

PB Agora

Postar um comentário

0 Comentários