Delegada que guardava quase R$ 2 milhões é presa

 

A justiça do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva da delegada Adriana Belém, alvo da Operação Calígula. A policial foi presa no início da tarde no bairro da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Durante a ação, a força-tarefa apreendeu quase R$ 2 milhões em dinheiro no apartamento dela. A 1ª Vara Especializada do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) expediu o mandado de prisão.

“O gigantesco valor em espécie arrecadado na posse da acusada, que é Delegada de Polícia do Estado do Rio de Janeiro, aliado aos gravíssimos fatos ventilados na presente ação penal, têm-se sérios e sólidos indicativos de que a ré apresenta um grau exacerbado de comprometimento com a organização criminosa e/ou com a prática de atividade corruptiva (capaz de gerar vantagens que correspondem a cifras milionárias)”, diz a decisão do juiz Bruno Monteiro Ruliere.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários