Delegacia-Geral recebe documento com proposta do PCCR da Polícia Civil da PB

 


A Delegacia-Geral de Polícia Civil recebeu nesta terça-feira, 10, o documento oficial com as mudanças que deverão ser implantadas no novo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da Polícia Civil da Paraíba. A proposta será entregue pelo delegado-geral, André Rabelo, ao Secretário Jean Nunes, e depois encaminhada ao Governador João Azevedo, para análise e votação na Assembleia Legislativa.

O documento é a conclusão do trabalho de três meses realizado por uma comissão criada especialmente para criar o novo PCCR da Polícia Civil. A proposta foi elaborada desde fevereiro deste ano, com a participação de todas as entidades representativas da Polícia Civil da Paraíba, com o apoio de Delegacia-Geral, participação das superintendências regionais, além de um representante da Secretaria de Administração do Estado.

Uma das principais mudanças, que era bastante esperada pela categoria, é a implantação da média salarial das polícias civis no Nordeste, que deverá ser tomada como base para os salários da Polícia Civil da Paraíba, após aprovação pela Assembleia Legislativa do Estado.

A delegada-geral adjunta, Cassandra Guimarães, agradeceu a contribuição de cada representante das entidades de classe da Polícia Civil e disse que todo o esforço para a criação do novo PCCR valeu a pena. “Foi um trabalho exaustivo, com muitas discussões para buscarmos o melhor para os servidores da Polícia Civil, mas fizemos tudo isso com muito amor e dedicação. É a nossa contribuição para uma nova Polícia Civil na Paraíba”, destacou.

Segundo o assessor e Chefe de Gabinete da Delegacia-Geral, delegado Kelson Vasconcelos, o novo PCCR vai contemplar também alterações na sistemática do processo de promoção dos policiais civis. “Um dos destaques nesse processo de promoção será o programa de capacitação continuada do policial civil, que contará como requisito para a promoção funcional, disse.

PB Agora


Postar um comentário

0 Comentários