PMCG lança campanha para estimular decoração junina e outras ações turísticas

 

Foto: Emanoel Tadeu


Campina Grande vive a iminência do retorno da realização d’O Maior São João do Mundo, o mais importante produto turístico da Paraíba, após dois anos tendo ocorrido de forma remota, em razão das restrições para contenção da pandemia causada pela covid-19. O retorno das festividades representa não apenas a realização dos shows, no Parque do Povo ou em eventos paralelos que acontecem no período, mas também o envolvimento da população e de entidades representativas da cidade.

Diante disso, a Prefeitura de Campina Grande lançará nos próximos dias uma campanha de estímulo à decoração junina e outras ações turísticas nesta retomada do evento. Será uma ação coordenada pelo Gabinete do Prefeito e pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDE), que estão buscando o apoio de instituições da cidade para a retomada d’O Maior São João do Mundo, após os dois anos de pandemia.

A iniciativa junto a estas entidades, segundo o secretário-chefe do Gabinete do Prefeito, Gilbran Asfora, pretende desencadear uma série de ações coordenadas, com destaque para a decoração, concurso de vitrine e outras iniciativas destinadas a promover a festa da melhor forma possível. “Após longo período mantendo distanciamento social, precisamos dar as mãos e apostar que, juntos, faremos a melhor e a maior festa junina do mundo”, justifica o secretário.

Algumas entidades representativas já foram contactadas, a exemplo do Sindicato do Comércio Verejista e Lojista (Sindilojas); Sindicato de Bares, Hotéis e Restaurantes (SindCampina); Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTc-PB); Shopping Partage; Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande (ACCG); Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Unifacisa.

Buscando a atração de turistas e a participação efetiva população, o prefeito Bruno Cunha Lima, a equipe da Prefeitura de Campina Grande e a Medow Entretenimento têm trabalhado em parceria para permitir que O Maior São João do Mundo 2022 seja marcante na memória dos campinenses.

A tendência é aumentar a cadeia de apoios, buscando a participação de todos os segmentos sociais e empresariais da cidade em benefício do maior evento do Estado. Para tanto, a estrutura operacional, captação de patrocinadores, definição da grade artística e detalhes operacionais estão sendo definidos para que o objetivo seja conquistado.

Nesta retomada do evento, de acordo com Gilbran Asfora, torna-se fundamental a união das entidades representativas do comércio, bens e setor de serviços. Os estabelecimentos comerciais do centro da cidade e dos bairros, shoppings, bares, restaurantes, hotelaria e do setor produtivo deverão ser impactados, positivamente, com o retorno dos festejos juninos da cidade.

A projeção é de que a economia da cidade será mais uma vez beneficiada com O Maior São João do Mundo. Dados oficiais, divulgados no final da última edição, em 2019, demonstram que pelo menos 2,5 milhões de pessoas participaram da festa. O evento teve 30 dias de duração e foram injetados quase R$ 300 milhões nos setores produtivos, além dos mais de 3 mil postos de trabalho diretos e indiretos abertos em todos os setores envolvidos.

PB Agora

Postar um comentário

0 Comentários