Corpo de bebê chega à Paraíba após erro em voo

 

Elise Maria tinha uma doença rara e faleceu em São Paulo

O corpo da menina Elise Maria, 10 meses, chegou à Paraíba na madrugada desta quinta-feira (28) para ser velado no município de Princesa Isabel. O caixão com o corpo da bebê sumiu durante o translado de São Paulo para a Paraíba. O pai da menina, César Rodrigues, explicou que o corpo chegou por volta das 3h e deve ser enterrado às 10h.

Portadora de uma doença rara, Elise Maria morreu quando se recuperava de uma cirurgia, após ser diagnosticada com infecção pulmonar. A bebê tinha síndrome de Apert e uma campanha solidária chegou a ser feita para custear seu tratamento médico em São Paulo.

O pai do bebê, Helenildo Cesar Rodrigues de Lima, não recebeu o corpo da filha no desembarque e a empresa, a Latam, não soube informar o que havia ocorrido com a urna funerária. Após cerca de quatro horas de angustia e desespero vivido pela família, a empresa reconheceu que houve um erro e o corpo voltou para São Paulo.

Em nota, a empresa afirmou que está tomando as medidas necessárias para garantir o velório de Elise. Pelos transtornos, a advogada da família, Fernanda Braga, garante que a empresa poderá ser acionada pela falha.

“Como advogada estamos tomando as medias necessárias, primeiro para velar a criança com dignidade, depois tomar as medidas necessárias no campo judiciário”, disse.

O corpo de Elise era bastante aguardado pela população de Princesa Isabel que fez doações, eventos, campanhas nas redes sociais e vaquinhas para arrecadar os recursos para o tratamento da menina fora da Paraíba. Ela ainda fez uma cirurgia, mas teve complicações e morreu após uma parada cardíaca.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários