Paraibana consegue sair da zona de ataques na Ucrânia

 

Foto: Arquivo pessoal

A artesã paraibana Silvana Pilipenko, que mora em Mariupol, na Ucrânia, e estava há 25 dias sem comunicação com a família, conseguiu fazer contato nesta terça-feira (29) e informou que chegou à Crimeia, na Rússia, fora da zona de ataques.

O filho de Silvana, Gabriel Pilipenko, disse que mãe, o pai e a avó dele estão em segurança. Ele também contou que o Itamaraty está ajudando em todo o processo, especialmente funcionário André Mourão, da embaixada Brasileira na Ucrânia.

Por telefone, Gabriel falou com Silvana por cerca de dois minutos antes da ligação cair. Ela não se comunicava com a família desde o dia 3 de março.

A Secretaria da Representação Institucional do Estado da Paraíba também se colocou à disposição para ajudar a localizar a paraibana e sua família.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários