Patrick assume vaga na Câmara Federal nesta quinta, após licença de Pedro

 

A presidência da Câmara dos Deputados autoriza, nesta quinta-feira (17), a licença por 120 dias e sem remuneração do deputado e pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB), a pedido do parlamentar. Quem assume no período é Patrick Dorneles, suplente da legenda com 13.809 votos. Será a primeira vez na história que uma pessoa portadora de doença rara e grave exerce mandato no Congresso Nacional. Patrick chega a Brasília no mês em que é celebrado o Dia Mundial da Conscientização para as Doenças Raras, com o objetivo de sensibilizar gestores, profissionais de saúde e população.

“Expressar gratidão a Deus, a cada pessoa que teve a grandeza de me ajudar na construção dessa oportunidade. É preciso ter consciência que esse momento histórico não é só para a nossa amada Paraíba, mas para todo o Brasil, para todas as famílias de pessoas com deficiência e doença rara. Muitos paradigmas foram quebrados para esse momento se concretizar. Estendo meu sincero obrigado também ao deputado Pedro, pela grandeza do gesto”, avaliou Patrick.

LUTA

O futuro deputado é uma referência na luta pelos direitos das pessoas com deficiência e doenças raras, graves e crônicas há mais de dez anos. Reconhecido não só no município de Campina Grande, onde atua profissionalmente, ou na Paraíba, mas também internacionalmente. Foi homenageado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o prêmio Personalidade Que Se Doa.

Aos 26 anos, já participou de inúmeras audiências públicas no Congresso. Patrick convive com uma síndrome genética rara, a Mucopolissacaridose IV.

Esta é a segunda vez no mandato que o deputado Pedro se licencia, para oportunizar que outras figuras públicas levem suas pautas e causas para a tribuna da Câmara dos Deputados, em Brasília. Para Patrick assumir o mandato, foi preciso uma engenharia política por parte de Pedro, que articulou com o primeiro suplente do PSDB, Rafafá. Ele assumiu o mandato por 120 dias no ano passado e, agora, cede a vez a Patrick.

“Patrick é um vencedor, um exemplo inspirador para muitas pessoas. É alguém reconhecido na luta pelos direitos das pessoas com deficiência e doenças raras e graves, que tem a confiança e admiração de milhares de paraibanas e paraibanos. Tiro licença do mandato porque acredito que é importante multiplicar as oportunidades na vida das pessoas”, afirma Pedro.

“Será um período também que eu e parte da equipe vamos tirar para aprofundar os estudos e as propostas para o futuro da Paraíba, um momento para ouvir setores organizados e importantes. Então, para nós também serão quatro meses de muito trabalho”, conclui o agora deputado licenciado.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários