João Azevêdo minimiza críticas de Veneziano ao seu governo: “Opinião dele”

 

O governador João Azevêdo minimizou as críticas que passou a receber de seu ex-aliado, o senador e agora pré-candidato ao governo da Paraíba, Veneziano Vital do Rêgo (MDB), nesta segunda-feira (21). Durante solenidade de assinatura para ordem de serviço do Hospital da Mulher, em João Pessoa, o chefe do Executivo paraibano se mostrou despreocupado com as declarações do emedebista.

“Opinião dele”, resumiu o governador. Sobre o racha do PT no apoio às eleições ao governo do estado, João citou a presença do deputado Frei Anastácio na solenidade ao mesmo tempo que outros integrantes do PT participam de ato em apoio à pré-candidatura de Veneziano. “o Frei está aqui representando o seu partido, mas, acima de tudo, os interesses da população”.

Ainda na solenidade, João Azevêdo informou que sua filiação ao PSB deve ocorrer nesta quinta-feira, às 10h, em local ainda a ser definido. A expectativa é que outras lideranças também se filiem ao partido. “Já informei minha decisão ao presidente (Roberto Freire) ontem numa conversa muito amigável. Vou me filiar ao PSB porque nossas decisões são mais na direção que eu entendo que é fazer política”, explicou.

Sobre a pressão que vem sofrendo de aliados para definir uma chapa, o governador afirmou que estava com questões mais urgentes, como sua mudança partidária. Ele também destacou que respeita o direito de cada um falar aquilo que acredita, mas que toma decisões com tranquilidade.

“É natural que cada partido esteja querendo se fortalecer, entretanto eu não tenho muita preocupação com isso. A chapa não está discutida. Não estamos definindo chapa. Eu estou resolvendo um problema que para mim era fundamental, que era o partido por qual vou caminhar nessas eleições, até porque o partido ao qual eu pertenço, o Cidadania, escolheu um caminho que não me interessa que é uma federação com PSDB, que nos faz oposição aqui no estado”, disse João Azevêdo.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários