Conceito de moradia inteligente ganha espaço

 

Um espaço residencial inteligente é o conceito de moradia que mais ganha espaço no mercado imobiliário. Além de qualidade construtiva e um projeto moderno e funcional, esse é o tipo de empreendimento focado em sustentabilidade, tecnologia e serviços. Com esse conceito, o Omni, projeto da Hofmann Station e da Massai, que está sendo construído em João Pessoa, no bairro de Manaíra, agrega a ideia de pequenos espaços, mas também oferece ambientes mais amplos para quem tem necessidade de um pouco mais de dimensão.

Conectado com o verde, com aproveitamento estratégico das áreas privativas e investindo nas áreas comuns, que contam com lounge, academia, área gourmet, salão de festas e piscina com deck e borda infinita, o Omni torna-se ainda mais especial com a vista: o prédio integra o ‘skyline’ de João Pessoa e a área residencial é a partir do 20º andar. Isso porque o edifício além de casa, será também shopping e um empresarial especializado em saúde, projetado para abrigar consultórios, laboratórios, clínicas de imagem e até um hospital dia.

“O empreendimento oferece uma ótima alternativa de moradia, que contempla diferentes perfis – do jovem profissional da saúde que ambiciona viver num local moderno, arrojado e próximo do seu local de trabalho até o público da terceira idade, que tem como objetivo estar junto de tudo o que pode precisar, inclusive do atendimento de saúde. Também é uma opção de investimento para profissionais que desejam agregar mais um serviço aos pacientes e oferecer um flat para curtas estadias, para os que vêm de outras cidades, ou mesmo para locações de curtos períodos, já que o Omni também se mostra um grande atrativo para o turismo”, explicou o arquiteto responsável pelo projeto, Leo Maia.

Mais espaço – Com o mercado imobiliário focado nos pequenos tamanhos para privilegiar uma localização estratégica, os apartamentos mais espaçosos são uma alternativa para quem quer ter um pouco mais de amplitude. Os flats também possuem diferentes tipos e ainda contam com a possibilidade de integração.

Enquanto o padrão de pequenos apartamentos no mercado é 23 m², o menor deles no Omni tem 39 m², mas há ainda os que chegam a 78m², que são os que possuem dois dormitórios.

Poucos passos – Quem morar no Omni estará em uma das áreas com comércio mais movimentado da capital, estando a poucos minutos dos mais variados locais e serviços. Em média, serão necessários apenas de 5 a 10 minutos para cumprir compromissos semanais e 15 minutos para saídas eventuais. “A proposta do empreendimento está alinhada a um estilo de vida diferente, contemporâneo, que privilegia o melhor uso do tempo e o acesso fácil e rápido às principais necessidades do cotidiano”, reforçou o arquiteto.

O OMNI – O Omni é um empreendimento que une área da saúde, shopping e residencial. Utilizando o conceito de “mixed-use”, ele proporciona a integração desses ambientes, mas mantendo-os independentes e dinâmicos. Os usuários poderão contar com estacionamentos distintos, entradas por diferentes vias e áreas comuns próprias. Ele será construído em uma das melhores localizações de João Pessoa, no bairro de Manaíra, e inicia suas obras no início de 2022.

O projeto é uma iniciativa da incorporadora Hofmann Station e da construtora Massai e contou com consultoria especializada da ProMedical e de Fernanda Ventura, arquiteta especializada em saúde; projeto arquitetônico de Léo Maia; interiores de Lana Débora e o paisagismo com Patrícia Lago e Ariadne Marques.


MAISPB

Postar um comentário

0 Comentários