Turistas são resgatados após se afogarem ao mesmo tempo em praia da Paraíba

 

Foto: Corpo de Bombeiros/PB

Foto: Corpo de Bombeiros/PB

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Um grupo com 11 pessoas foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba após se afogarem ao mesmo tempo na praia de Coqueirinho, município do Conde, a 35 km da capital João Pessoa.

Segundo o Batalhão de Busca e Salvamento da corporação, as pessoas são da mesma família e viajaram do Distrito Federal para a cidade. O grupo é formado por oito crianças e três adultos.

“A família acessou o banco de areia pelas pedras da prainha, e ao tentarem retornar, caminharam sentido a praia, foi aí que todos entraram no processo de afogamento”, informou o batalhão.

Os guarda-vidas da praia observaram o grupo e fizeram o resgate da família com o apoio de um equipamento flutuante, chamado de Rescue Tube. Nenhuma das vítimas precisou de atendimento médico.

O caso aconteceu na tarde de sexta-feira (21).

Orientações a serem seguidas
Nas redes sociais, o Corpo de Bombeiro divulgou cinco orientações para que turistas e moradores curtem a praia com mais segurança. Entre as indicações está respeitar as sinalizações e avisos. “Não entre na água com bandeira vermelha”, sugere a corporação.

Os bombeiros sugerem também que qualquer pessoa, ao entrar no mar, sempre fique de olho do nível na água –quando ela estiver no umbigo, por exemplo, é um sinal de perigo.

“Caso seja pego por uma corrente fique calmo, não lute contra, flutue e acene por ajuda imediatamente”, informa.
Além disso, os banhistas devem:

– Aproveitar a praia somente na presença de guarda vidas e nunca alcoolizado
– Costões e locais com pedras são impróprios, não entre na água, risco de morte
– Ajude um afogado ligando 193, e ao invés de entrar para salvar, jogue um material flutuante e aguarde o socorro profissional chegar.


PARAIBA ONLINE COM FOLHAPRESS

Postar um comentário

0 Comentários