STF determina que Bolsonaro preste depoimento na PF

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou que o presidente Jair Bolsonaro preste depoimento até esta sexta-feira (28) sobre o inquérito que apura o vazamento de documentos sigilosos. A decisão foi proferida nesta quinta-feira (27).

O STF investiga um suposto vazamento de dados e documentos sigilosos de um inquérito sobre ataques ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Jair Bolsonaro teria divulgado essas informações através das suas redes sociais.

Os depoimentos serão colhidos pela Polícia Federal e vem em contramão a um pedido de Bolsonaro para não precisar ser ouvido na investigação. Moraes definiu que o depoimento deverá ser prestado no início da tarde desta sexta-feira (28), na Superintendência da PF em Brasília.

O inquérito vazado diz que um hacker teve acesso ao código-fonte das urnas eletrônicas em 2018. O acesso a esse código, no entanto, não possibilita alterar a votação.

MaisPB com informações do g1

Postar um comentário

0 Comentários