Prefeitos proíbem shows e paredões de som

 

Conceição-PB - Foto: Divulgação

Os municípios de Conceição e Santa Luzia, ambos no Sertão paraibano, proibiram a realização de shows após o avanço da Covid-19. Até esta quarta-feira (26) a região apresentava 50% de ocupação dos leitos de UTI para pacientes com a doença.

Em Conceição, o decreto assinado pelo prefeito Samuel Lacerda entrou em vigor desde ontem e se este até o dia 10 de fevereiro. Ele afirmou, no decreto, que as medidas são necessárias em virtude do aumento de casos da Covid-19 e síndrome gripal no município.

O gestor proibiu, além de shows, festas dançantes, apresentações artísticas e/ou culturais, vaquejadas, bolões de vaquejadas, uso de sons, a exemplo de paredões e sons automotivos.

Em Santa Luzia os shows foram proibidos por um período maior. O prefeito, José Alexandre de Araújo, suspendeu shows e eventos festivos em ambientes públicos e privados entre os dias 25 de janeiro e 24 de fevereiro.

A medida visa evitar a aglomeração de pessoas e conter a crescente proliferação de casos notificados da Covid-19, diagnosticados com as diversas variantes do coronavírus.

De acordo com o documento, estão suspensos qualquer tipo de eventos, como a realização de shows, festas e similares, públicos ou privados, em ambientes abertos e fechados, com ou sem a cobrança de ingressos, que tenham aglomeração de pessoas.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários