Pizzas e remédios chegando de drones: autorizada a entrega delivery

 

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

JOANA CUNHA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) concedeu nesta sexta (21) a primeira autorização para delivery de produtos com drone no Brasil. A liberação foi dada à fabricante Speedbird Aero, que tem parceria com o iFood, segundo a empresa de entrega.

De acordo com a Anac, a medida “permite que as entregas com drones se tornem uma realidade no país, para transportar alimentos e outros produtos”. Os drones podem levar cargas de até 2,5 kg em uma distância de 3 km, até mesmo em regiões urbanas.

O iFood afirma que iniciou o projeto de uso de drones há dois anos, com testes de viabilidade em diferentes regiões.

O primeiro certificado foi obtido em 2020 com voos experimentais no Shopping Iguatemi de Campinas (SP), com mais de 300 entregas de 20 restaurantes parceiros. No ano passado, foi feita uma experiência em Sergipe em um trajeto de 2,8 km atravessando o rio Sergipe, desde o Shopping RioMar Aracaju até o município Barra dos Coqueiros.

A empresa afirma que, agora, com a autorização para uso comercial, começa a planejar a expansão da tecnologia para outras cidades. O modelo ainda será tratado como complementar ao trabalho dos entregadores, ou seja, não será aplicado em ampla escala e volume se comparado ao modelo de operação tradicional.

Segundo o iFood, a entrega por drones requer territórios específicos, como, por exemplo, em Aracaju, que atravessa um rio e conecta dois municípios.


PARAIBA ONLINE COM FOLHAPRESS

Postar um comentário

0 Comentários