João Azevêdo aguarda definição sobre federação e avisa: “Voto em Lula”

 

O governador João Azevêdo (Cidadania) ainda aguarda uma definição sobre o possível processo de federação entre o seu partido, Cidadania, com o PSDB, partido liderado na Paraíba pelo clã Cunha Lima, grupo adversário do gestor estadual. Na semana passada, o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, afirmou que a junção das duas siglas está caminhada.

“A única coisa que me faria sair do Cidadania é se eu não tiver autonomia para tomar decisões de acordo com o que eu entendo fazer política. Se houver mudança, porque até hoje o presidente Roberto Freire, tem me dado autonomia”, afirmou durante agenda em São Bento, nesta segunda-feira (17).

Segundo Azevêdo, essa semana haverá uma nova reunião da executiva nacional, onde “decisões sobre a federação serão tomadas”. “Espero que as definições cheguem o mais rápido possível”, adiantou.

Independente da confirmação do processo, o governador disse que votará no ex-presidente Lula.

“Eu tenho dito claramente e disse por diversas vezes que o meu voto é de Lula. Se você analisar todas as candidaturas postas, nenhuma traz esperança para o povo brasileiro e Lula traz isso. A candidatura de Lula é capaz de unir. Isso é um voto pessoal, o meu voto enquanto eleitor é de Lula”, avisou.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários