Bolsonaro articula coligação com União Brasil visando eleições

 

Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido)

O presidente Bolsonaro (PL) pretende abrir mão de apoiar algumas candidaturas estaduais próprias para se unir em coligação ao União Brasil, como uma maneira de neutralizar a candidatura do ex-ministro Sérgio Moro.

A decisão é uma investida do núcleo de pré-campanha do presidente que visa o partido com mais tempo de televisão nas eleições de 2022 e o União Brasil, além disso, dispõe da maior parte do fundão eleitoral, cerca de R$ 1 bilhão.

Ao trazer o União Brasil para seu lado, Bolsonaro acaba retirando as forças de um de seus maiores opositores nessa campanha eleitoral, o pré-candidato à presidência Sérgio Moro, que perderia espaço na disputa e também ficaria de fora dos maiores e mais poderosos partidos políticos.

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários