Anvisa confirma caso de superfungo  Candida auris em hospital de Recife

 

A Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou, na terça-feira (11), o terceiro surto do fungo Candida auris no Brasil. O caso ocorreu em um hospital da rede pública de Recife, em Pernambuco.

A identificação foi confirmada pelo laboratório de referência, que é o Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz – Lacen/BA.

O laboratório realizou as análises utilizando o Maldi-Tof (Matrix-Assisted Laser Desorption Ionization Time-of-Light), um método que usa ionização para diagnosticar, de maneira rápida e eficaz, as proteínas de uma bactéria ou fungo. Destaca-se que ainda há outro caso suspeito, que está em investigação laboratorial.

Desde a identificação do caso suspeito, o hospital estabeleceu  medidas de precaução e adotou ações para prevenção e controle do surto.

A candida auris  havia sido inicialmente detectado em países da Ásia na década de 1990, chegando nos anos 2000 à Europa e América do Norte. Entre 2018 e 2019, ele foi descoberto na Venezuela, na Argentina e no Chile, mas nunca tinha sido isolado no Brasil.

Estudos destacados pela Anvisa indicam que até 90% das cepas isoladas desse micro-organismo são resistentes a fluconazol, anfotericina B ou equinocandinas, as principais drogas antifúngicas. Além disso, são resistentes aos principais desinfetantes utilizados na limpeza.

 

MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários