Especialistas preveem crescimento de 15% no setor de aluguéis na PB, com a chegada do Verão



O mercado imobiliário é um dos setores que mais vem se recuperando da crise causada pela pandemia do novo coronavírus é o que aponta especialistas do setor, principalmente com o Verão cada mais próximo. O Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci-PB) aposta num crescimento de 10% a 15% em relação a 2020, no estado.

“Achávamos que a crise poderia afetar bruscamente nossos negócios, principalmente quando fomos proibidos de entrar nos apartamentos para continuar a reforma, mas foi justamente neste período que montamos nosso e-commerce, nossa marcenaria e marmoraria. A crise, para nós, representou a abertura de três novos negócios muito interessantes”, conta Rony Susskind, construtor e corretor no setor de imóveis. Ainda segundo Rony, a baixa histórica na taxa Selic em 2020 contribuiu para a recuperação do mercado de imóveis em 2021. Ainda com a nova alta anunciada pelo Copom, que atualiza a taxa básica de juros para 5,25% ao ano, o setor continua otimista e vê margem para aumento da demanda.

Para o presidente do Sindicato dos Corretores de Imóveis da Paraíba, Ubirajara Marques, a procura para temporada começa a partir de agosto para garantir os melhores imóveis, principalmente à beira mar. Ele destacou que a temporada mais fluente é entre dezembro e fevereiro, até o Carnaval. “A procura está bastante grande e esse ano, por força da flexibilização, a gente acha que vai haver um crescimento, em relação ao ano passado, em torno de 10% a 15%”, afirmou Ubirajara.


PBAGORA


 

Postar um comentário

0 Comentários