Casal suspeito de matar sargento paraibano se apresenta em Manaus

 

Foto: reprodução TV Cabo Branco

Foto: reprodução TV Cabo Branco

A Polícia Civil do Amazonas confirmou que o casal suspeito de envolvimento no assassinato do paraibano Lucas Ramon, se entregou em Manaus. Lucas era sargento do Exército.

Nesta terã-feira pela manhã policiais civis cumpriram seis mandatos de busca e apreensão em prédio de uma rede de supermercado de Manaus e também na casa do empresário Joabson Gomes.

De acordo com a Polícia Civil, ele a esposa Jordânia Freire, são suspeitos de serem o mandante do assassinato do sargento paraibano Lucas Ramon, morto em uma cafeteria na zona Sul de Manaus, dia 1º deste mês.

Durante as investigações, a polícia descobriu que o paraibano era sócio em duas empresas: a cafeteria onde foi assasinado, e uma gráfica que prestava serviços para o supermercado, onde ele conheceu a esposa do empresário.

Ainda de acordo com a polícia, Luca Ramon e a esposa do empresário se encontravam desde dezembro.

* Com informações da TV Cabo Branco


PARAIBA ONLINE

Postar um comentário

0 Comentários