Palhaços e teatro são opções gratuitas de lazer em João Pessoa



Eventos ocorrem em dois pontos da área central de João Pessoa, no fim da tarde, e são abertos a públicos de todas as idades

   
COMPARTILHE
A Praça da Independência e a Villa Sanhauá recebem espetáculos de circo e teatro, abertos ao público, a partir das 15h deste domingo (14). Os eventos têm classificação livre e ocorrem na área central de João Pessoa, dentro da programação do AnimaCentro; veja abaixo.

Praça da Independência

A Praça da Independência recebe apresentação do grupo Imaginart, que leva ao público o espetáculo ‘Bafo, o bode encantado’. A apresentação acontece a partir das 15h.
‘Bafo, o bode encantado’ é um espetáculo ambientado em uma fazenda, onde os personagens são animais com habilidades incríveis e facilmente reconhecidos pelo público infanto-juvenil. De repente, os animais começam a desaparecer misteriosamente e o tempo todo eles se perguntam ‘O que está acontecendo?’.

Villa Sanhauá

Quem for ao local vai poder assistir ao espetáculo ‘Circo Arlequim’ da Trupe Arlequim. No elenco, o palhaço Xulé (Diocélio Barbosa) e o palhaço Pipoca (Jonatas Ferreira) irão animar a criançada e a todos os presentes. O show de variedades contará com apresentações artísticas, circenses e teatrais tendo como foco o humor, onde o público vai poder brincar e interagir com a dupla.
A Trupe Arlequim completou em 2018, 10 anos de existência e manteve suas atividades de forma ininterrupta durante todo o tempo, trabalhando com espetáculos de repertório, tendo uma pesquisa ligada à linguagem do teatro e do circo. Já atuaram em muitos lugares pelo Brasil, tendo ganhado vários prêmios de nível nacional. Também já se apresentaram internacionalmente em Portugal, nas cidades de Lisboa e Porto e na Argentina.

AnimaCentro

O projeto AnimaCentro foi lançado em dezembro de 2017 pelo prefeito Luciano Cartaxo durante evento no Pavilhão do Chá, dentro da política de valorização e incentivo à cultura da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), como forma de ocupar com as artes todos os espaços revitalizados pela atual gestão.
Além da movimentação de público, entre pessoenses e turistas, o projeto AnimaCentro contribui ainda com toda a cadeia produtiva da cultura, oferecendo ocupação direta e indireta a centenas de trabalhadores, incluindo além dos artistas, técnicos, profissionais de apoio e serviços como estrutura, sonorização e iluminação. Além disso, movimenta também o comércio da região na área da alimentação, os bares e hotéis.
POSTADO POR FERNANDO COUTINHO - NAÇÃORURALISTARADIOJORNAL.COM.BR
DEUS NÃO IMPÕE SEU AMOR, MAS A FALTA DELE É UM INFERNO. 

Postar um comentário

0 Comentários