Gestores de 11 hospitais participam de Projeto em parceria com HCor

A- A+
Começou nesta sexta-feira (11) à tarde a terceira oficina do Projeto de Desenvolvimento Gerencial integrado da linha de atenção às urgências no ambiente intra-hospitalar (Proadi/MS). O objetivo é oferecer formação continuada aos gestores da Rede Hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde (SES), repercutindo no melhor cuidado das pessoas. Estão participando gestores de 11 unidades hospitalares do estado. A oficina está acontecendo na Espep, em Mangabeira, até este sábado (12), das 8h às 17h30. Nesta sexta-feira, as atividades ocorrem até as 22h.
O especialista convidado é o médico sanitarista Daniel Beltrammi. Especialista em gestão hospitalar e de Sistemas de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas – SP, atualmente, é professor de Medicina na Universidade Municipal de São Caetano do Sul – SP e autor do blog Saúde Sem Fronteiras.
“Nós estamos cuidando das pessoas ou apenas tratando doenças? Trago questionamentos como este para provocar diálogos e, a partir deles, incentivar melhorias que não necessitam de atitudes mirabolantes. Só precisam acontecer utilizando o que já tem nos hospitais, por meio de atitudes e, principalmente, de muito cuidado com o outro, tanto com o paciente e também com o colega de trabalho”, declarou.
Daniel elogiou a iniciativa do Governo da Paraíba de oferecer formação continuada para os gestores. “O gestor precisa ter oportunidade de formação e o Governo da Paraíba merece aplausos por este gesto de gigantesca inteligência que vai repercutir na melhoria do atendimento aos pacientes”, disse.
Para o diretor de Ensino, Pesquisa e Inovação do Hospital Metropolitano, Mário Toscano, o projeto tem como objetivo ajudar os hospitais a melhorar os processos dentro das unidades da Rede Estadual. “Com isso, alcançaremos uma assistência cada vez melhor aos usuários do SUS no estado”, observou.
“Participar deste projeto é uma oportunidade de alinhar a teoria com a prática no sentido de fortalecer as emergências para que a rede oferte cada vez mais atendimento eficaz, eficiente e humanizado”, falou a diretora do Complexo Hospitalar de Patos, Liliane Sena.
As 11 unidades da Rede Hospitalar da Paraíba que participam do Projeto, que qualificará 135 profissionais, são: Edson Ramalho, Arlinda Marques, Hospital Regional e Maternidade Peregrino Filho, ambos de Patos, Hospitais Regionais de Cajazeiras, Sousa e Piancó, Traumas de João Pessoa e de Campina Grande, Hospital Metropolitano e Maternidade Frei Damião. A Paraíba é o 10º estado a participar do Projeto.
O Projeto de Desenvolvimento Gerencial conta com um total de 210h de qualificação. Os núcleos temáticos do projeto serão divididos em três eixos: gestão hospitalar; gestão clínica e atenção a urgências no ambiente intra-hospitalar e rede de atenção às urgências no âmbito do SUS.
A estrutura pedagógica envolverá a realização de seis encontros presenciais por mês, nas sextas (tarde e noite) e sábados (manhã e tarde), sendo disponibilizados na sequência mais dois encontros nas unidades participantes, mediante distribuição da estrutura do HCor em cada serviço, e posteriormente mais três meses para monitoramento de todo o processo, que será finalizado com um evento para apresentação dos resultados por parte do HCor para gestão estadual e a rede hospitalar.
MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários