TJ decreta prisão de 33 acusados por tráfico de drogas na Paraíba

 de uma nova associação criminosa, a partir da dissociação de alguns líderes da conhecida organização criminosa (Orcrim) denominada Okaida.
Os autos indicam que a nova organização tem o nome de OKD RB e age sob a liderança de José Roberto (“Betinho”) e Robson Machado (“Ró Psicopata”). Com o avanço das investigações, substanciada pela medida cautelar de interceptação telefônica, foi possível identificar, monitorar e mapear os associados à nova Orcrim, cada um com áreas de atuação específicas, compondo um total de nove núcleos traficantes que, apesar de independentes nas ações, estariam ligados e subordinados à OKD RB.
O 1º núcleo desenvolveria suas atividades no Bairro do São José. O 2º núcleo realizaria entregas de drogas em diversos bairros da capital. O 3º teria como área de atuação a Comunidade Padre Hildo Bandeira, localizada no Bairro da Torre. Um 4º grupo comandaria o tráfico no Bairro Funcionários I. A orla marítima do Bairro Cabo Branco seria ponto do 5º núcleo. O 6º exerceria o crime na região conhecida por Mumbaba, Bairro das Indústrias. O 7º não atuaria em localidade específica. O 8º grupo realizaria o tráfico tanto em João Pessoa como na cidade de Santa Rita. O 9º e último núcleo detinha o monopólio da distribuição de drogas em diversos bairros da Capital.
Além dos núcleos, a investigação conseguiu identificar dois traficantes com atuação autônoma, com forte atuação na venda de entorpecentes.
Assessoria 

Postar um comentário

0 Comentários