‘Nunca participei de reunião com Bolsonaro porque nunca fui convidado’, revela Azevêdo

Foto: Assessoria
O governador eleito da Paraíba, João Azevêdo (PSB), nesta segunda-feira (03), reafirmou que não teria restrições para encontrar o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), apesar de suas diferenças políticas, uma vez que o socialista, ao lado de Ricardo Coutinho, fez aberta campanha para o candidato petista Fernando Haddad.
 “Eu participarei de qualquer reunião quando convocada pelo presidente da república, mas até hoje nunca houve uma convocação dele para isso. Essa é a questão colocada, às vezes as pessoas misturam um pouco. Volta a dizer, estamos prontos para participar de qualquer reunião, contanto que sejamos convocados o que nunca aconteceu”, declarou.
Azevêdo lembrou que houve um encontro com os gestores do Nordeste em Brasília convocado pelo governador escolhido do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), com o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (Democratas), onde Bolsonaro participou apenas do fechamento. Ele garantiu ainda que não há nenhuma reunião marcada para a próxima terça-feira.
“O que tem é uma reunião dos governadores do Nordeste para dar continuidade a uma pauta que iniciamos há poucos dias, da votação de alguns projetos de lei que são de interesse do estado. No dia 12 de dezembro, especificamente para tratar de segurança, vamos nos encontrar com o ministro indicado da Justiça, juiz Sérgio Moro, mas não tem nenhuma convocação de Bolsonaro”, disse.
Yves Feitosa 

Postar um comentário

0 Comentários