Leilão de aeroportos paraibanos acontece em março, prevê edital

O Aeroporto Internacional Castro Pinto, em João Pessoa, e o João Suassuna, em Campina Grande, serão leiloados na Bolsa de Valores de São Paulo no dia 15 de março de 2019. O edital de concessão foi publicado nesta sexta-feira (30), pelo Governo Federal. O prazo previsto de outorga dos terminais é de 30 anos.
Os dois aeroportos integram o bloco Nordeste, que inclui ainda os aeroportos de Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), e Juazeiro do Norte (CE). Para o leilão, o valor mínimo desse lote será de R$ 171 milhões.
A previsão é que a outorga chegue ao valor total de R$ 1,7 bilhão (outorga inicial acrescida da arrecadação das outorgas variáveis a serem pagas durante a concessão), a cada ano. O investimento estimado é de R$ 2,153 bilhões para todo o bloco.
Para o Aeroporto Internacional Castro Pinto, na capital paraibana, o investimento previsto é de R$ 269 milhões, enquanto que para o Aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande, é de R$ 155 milhões.
Em todo o país serão 12 aeroportos leiloados, que respondem por 9,5% do mercado doméstico, com quase 20 milhões de passageiros por ano, segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
No Sudeste, os terminais leiloados serão os de Vitória (ES) e Macaé (RJ). Já os quatro aeroportos que compõem o bloco Centro-Oeste são os de Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta, todos em Mato Grosso.
G1-PB 

Postar um comentário

0 Comentários