Procon notifica postos de João Pessoa sobre demora na redução do preço da gasolina

Foto: Marcelo Brandt/G1Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) notificou sete postos de combustíveis para que expliquem o motivo da demora em aplicar a redução no preço da gasolina, tomando como base as pesquisas comparativas realizadas pelo Procon-JP e o índice de redução anunciado pela Petrobras desde outubro.
O secretário Helton Renê explica que os preços de alguns postos, a priori, não estão condizentes com as reduções anunciadas amplamente pelas distribuidoras.
“Demos um tempo para que essas reduções chegassem às bombas e beneficiassem o consumidor, até considerando a estocagem do produto. Pela nossa última pesquisa de preços constatamos que a pequena redução ocorrida na maioria dos postos mostrou discrepâncias em alguns estabelecimentos”.
Ele acrescenta que, por enquanto, apenas sete postos foram notificados, mas o Procon-JP vai continuar avaliando os preços praticados e não descarta a possibilidade de notificação de mais estabelecimentos.
“Nós temos muito cuidado nessas avaliações e consideramos toda a conjuntura do mercado, inclusive respeitamos o livre mercado, que de outra forma seria ilegal e considerado cartel. Porém, alguns postos estão praticando valores que deveriam estar menores se comparados a outros locais”, disse Helton Renê.
O secretário acrescenta que, se a demora no repasse da redução do preço foi devido às distribuidoras, elas serão responsabilizadas.
“Vamos continuar investigando o que está acontecendo no mercado de combustíveis, até porque não dá para o consumidor ser penalizado constantemente. Se a carga de aumento é toda repassada para o cidadão, ele também deve ser beneficiado com o bônus da redução e de forma integral”.

Paraiba.com.br 

Postar um comentário

0 Comentários