Deputado afirma que bandido não terá vez no Governo de Jair Bolsonaro


O novo deputado federal eleito nas eleições desse ano Julian Lemos (PSL) afirmou na tarde desta segunda-feira (5) que bandido não terá vez no governo do presidente Jair Bolsonaro. " A lei é para ser cumprida ele vai decidir se quer ficar em pé ou deitado ou se que ser premiado com um tiro preciso e terá o seu CPF cancelado", disse o parlamentar.
Durante entrevista ao Programa Arapuan Verdade desta segunda-feira (5), Julian Lemos que não tem nenhum remorso em abater um bandido com fuzil na mão e causando pânico e insegurança para a sociedade brasileira. " Vamos priorizar o homem de bem, vamos investir em inteligência, qualificação e estruturar polícia para que a lei que seja realmente aplicada", garantiu.
O novo deputado aproveito a entrevista para desejar boa sorte ao governador da Paraíba, João Azevedo. "Espero que ele faça um bom Governo apesar dos compromissos que fez e estaremos prontos para ajudar no que estiver ao nosso alcance porque Jair Bolsonaro é presidente de todos", finalizou.
Julian Lemos voltou a atacar a postura do governador Ricardo Coutinho durante as eleições desse ano. Muitas escolas tiveram as aulas interrompidas e muitos serviços não funcionavam porque os servidores era obrigados, sob ameaça de serem demitidos, a ir fazer campanha para o candidato a governador da Paraíba João Azevedo e a presidente Fernando Haddad", finalizou. 
Paraiba.com.br 

Postar um comentário

0 Comentários