Bolsonaro nomeia hoje 24 técnicos da transição de governo, diz futuro ministro


Resultado de imagem para Bolsonaro nomeia hoje 24 técnicos da transição de governo, diz futuro ministro

BRASÍLIA — O presidente eleitoJair Bolsonaro (PSL) vai passar o final de semana estudando o novodesenho ministerial e deve assinar, ainda nesta sexta-feira, os atos de nomeação dos 24 técnicos que vão compor a equipe responsável pela transição de governo. A informação foi passada pelo deputado federal e futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que conversou com O GLOBO nesta manhã, no Aeroporto de Brasília, minutos antes de embarcar ao encontro de Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro. 
Onyx destacou que o feriado de finados e o final de semana será de "muito trabalho", no Rio de Janeiro, para Jair Bolsonaro e sua equipe mais próxima.
— Estamos fazendo a discussão ainda do desenho ministerial, que já estou levando também para ele (Bolsonaro) ver e avaliar. Ele vai ficar analisando no fim de semana, até tomar uma decisão final. Vai analisar toda a estrutura, se vai ser 15 ou 16 (ministérios) — informou.
Durante a semana, Onyx circulou pelo Congresso e manteve conversas com deputados e senadores de praticamente todas as bancadas. À reportagem do GLOBO, ele fez um breve balanço da primeira semana que sucedeu as eleições. Onyx embarcou para o Rio de Janeiro às 5h30 desta sexta-feira. Na mochila, levava o nome dos 24 técnicos que serão nomeados, na segunda-feira, para atuar na transição.
Segundo Onyx, Bolsonaro embarca para Brasília na próxima terça-feira e, no dia seguinte, terá um encontro com Michel Temer. O atual presidente vai entregar a chave do CCBB a Bolsonaro e formalizar o início da transição.
— As equipes já vão estar estruturadas na quarta-feira para trabalhar no CCBB — disse.

REPERCUSSÃO DA INDICAÇÃO DE MORO

Onyx Lorenzoni ainda classificou como "espetacular", apesar das críticas da oposição a repercussão do anúncio do juiz federal Sergio Moro para o Ministério da Justiça.
— O que eu acho? Espetacular. Qual país que não gostaria de ter um juiz como ele, um homem como ele, com o preparo dele, com a cultura dele, com a lista de serviços prestados ao país como ele, no ministério? — destacou.
Ainda não ficou definido, porém, onde Bolsonaro vai ficar hospedado em Brasília. Há um convite de militares ligados ao governo para que ele ocupe, desde já, o Palácio Alvorada como residência oficial. Bolsonaro tem um apartamento no Plano Piloto de Brasília, mas, por questões de logística e segurança, não deverá ficar no imóvel.
— Onde vai ficar não decidiu ainda. Vai decidir no fim de semana — destacou Onyx.
O Globo 

Postar um comentário

0 Comentários