Partidos perdem parlamentares e não elegem ninguém na Paraíba

Dos 35 Partidos Políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral, 21 conseguiram eleger seus candidatos na Paraíba, 11 não obtiveram resultado positivo nas urnas e três ficaram fora da disputa.
A legenda que conseguiu eleger o maior número de parlamentares foi o PSB, sendo oito deputados para Assembleia Legislativa, e um para a Câmara Federal. Em seguida aparece o PSDB, que elegeu três candidatos para o Legislativo estadual e três para o Federal. Por sua vez, o Avante conseguiu eleger quatro parlamentares estaduais.
O MDB da Paraíba, que tinha como candidato ao Governo do Estado o senador Zé Maranhão, elegeu apenas um deputado estadual, viu sua bacada ser reduzida na Assembleia Legislativa e aniquilada na Câmara dos Deputados. Pelo partido, Raniery Paulino conseguiu à reeleição para ALPB, mas Jullys Roberto não teve o mesmo sucesso e ficou de fora da Casa. Já Benjamin Maranhão, tentava se manter na Câmara, mas não obteve a votação necessária.
O desempenho do Partido Verde na eleição também não foi dos melhores. Comandado na Paraíba pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, o partido lançou 15 candidatos no pleito, incluindo Lucélio Cartaxo, que disputou o Governo do Estado. No entanto, conseguiu eleger apenas Diego Tavares, primeiro suplente de Daniella Ribeiro para o Senado.
PRP, PMN, PHS, Solidariedade, PTC, DC, PSOL, Pros, PPL, Novo e PSTU não conseguiram eleger nenhum dos seus quadros. Pelo Pros, André Amaral tentava se eleger deputado federal, mas foi derrotado nas urnas. Da mesma forma, Bruno Cunha Lima, do Solidariedade, não teve êxito nas urnas. PMB, PCB e PCO não entraram na disputa nas eleições estaduais.
Wallison Bezerra – MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários