Vereador reclama de perda de tempo para debater título a Bolsonaro: 'gastamos horas'


Foto: Edcarlos Santana
O vereador Thiago Lucena (PMN) se revoltou com o tumulto causado mais uma vez na Câmara de João Pessoa, por conta da discussão em torno de conceder ou não o título de cidadão pessoense, ao candidato a presidente, Jair Bolsonaro (PSL).
Thiago afirmou que não pode pautar mandato de nenhum vereador a respeito dos projetos apresentados, porém, destacou que no ano passado já havia proposto a redução de honrarias, mas a Câmara não aprovou a medida. Porém, ele ressaltou que o único artigo aprovado foi o de que nenhum homenageado por ter ficha suja.
"Mais uma vez a casa gastando horas e horas por causa de uma honraria. Tenho minha posição e ela não é política, vimos ontem debates políticos de um lado e do outro, mas título de cidadão tem que parar de ser debate de partido A ou B, tem que fazer por merecer e cada vez mais tem pessoas desmerecendo", disse.
Thiago acrescentou também que muitos justificam o título para Bolsonaro, baseados em títulos anteriores: "não podemos nivelar por baixo", afirmou apontando que só na quarta-feira haviam 19 matérias para serem votadas e não foram por conta dessa discussão, assim como na última vez que foi posta em pauta.
O vereador ressaltou que não é preciso protelar e esperar para a próxima quarta-feira, afirmando que é preciso mostrar trabalho na casa. Ele também revelou que é contra o título de cidadão para o candidato, por entender que Bolsonaro não tem serviços prestados à João Pessoa. 
paraiba.com.br

Postar um comentário

0 Comentários