Hospital de Trauma é a 1ª conquista certificado Nível II da Acreditação hospitalar

Foto: autor desconhecido.


O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena recebeu, nesta terça-feira (18), o certificado de nível II da Acreditação hospitalar, se tornando a primeira instituição pública do Estado a conquistar essa premiação concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Apenas uma unidade de saúde privada já possui esta certificação na Paraíba. O certificado atesta a qualidade dos serviços prestados, garantindo maior transparência e eficiência no atendimento médico.
Com abrangência em todo o país, a ONA é uma organização não governamental que visa promover a implantação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde. O recebimento da Acreditação Plena coloca o Hospital de Trauma de João Pessoa na lista dos grandes hospitais do Brasil, como o Hospital Sírio-Libanês e o Hospital Israelita Albert Einstein, ambos em São Paulo, que já possuem esse certificado.
Para o governador Ricardo Coutinho, conquistar o certificado de nível II da Acreditação hospitalar é um passo extraordinário para a saúde na Paraíba. Segundo ele, a Acreditação Nível II significa que o Hospital de Trauma “subiu mais um patamar na eficiência, no atendimento, na qualidade dos equipamentos, enfim, nas coisas que um hospital precisa ter para ser considerado bom”.
O chefe do Executivo Estadual ainda comentou sobre a situação em que o Hospital de Trauma se encontrava, há alguns anos. “Antigamente este hospital enfrentava vários problemas, com interrupções no funcionamento e espaços inadequados. Atualmente, o Trauma tem classificação de risco, ambientes diferenciados, uma metodologia melhor e cuida das pessoas de forma adequada”, disse. “O Trauma funciona bem, tem resolutividade e cumpre um papel importantíssimo para a população paraibana”, finalizou o governador.
Para alcançar a certificação, o Hospital de Trauma buscou a padronização das atividades, de modo a reduzir a possibilidade de erros e apresentou integração entre as áreas médica, administrativa, tecnológica e assistencial, além de um trabalho contínuo para a sua manutenção.
“Isto é um ciclo e o que procuramos no Nível II é o que chamamos de gestão integrada, algo que a equipe do Hospital de Trauma mostrou com muita maturidade. Foi um processo interessante, que durou cerca de seis anos e é um grande diferencial. Temos no Brasil 6.700 hospitais, dos quais apenas 300 são Acreditados e, destes, somente cerca de 10% são públicos”, garantiu a superintendente do Instituto de Planejamento e Pesquisa para Acreditação em Serviços de Saúde (Ipass), credenciado na ONA, Josiane Vivan.
A secretária de Saúde, Cláudia Veras, ressaltou a importância da certificação e parabenizou o esforço de toda a equipe que faz parte do Hospital de Trauma. “A gente avalia que este certificado de nível II da Acreditação hospitalar é de grande relevância. Por isso, reconhecemos o empenho de todos para que o trabalho caminhe bem, seja na melhoria da qualidade da atenção, na boa articulação entre a gestão, entre o cuidado, entre o uso da tecnologia, enfim, em todas as áreas”, pontuou.
A diretora geral do Hospital de Trauma, Sabrina Bernardes, afirmou que o recebimento da Acreditação Plena é a celebração de um trabalho contínuo que busca uma qualidade melhor nos serviços. “Há quatro anos recebemos o prêmio Nível I e agora conseguimos evoluir para o Nível II da Acreditação que é relativo à garantia de processos, ou seja, significa que estamos preparados para qualquer dificuldade que ocorra no Hospital. Isso é fruto de muito trabalho e vem reforçar que a saúde do SUS pode dar certo”, afirmou.
O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena atende casos de urgência e emergência, sendo voltado para situações de média e alta complexidade, a exemplo de vítimas de trauma (acidentes e desastres), violência, queimadura, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragias digestivas.
wscom

Postar um comentário

0 Comentários