Governo entrega mais de 100 escrituras aos moradores do Conjunto Marinês em João Pessoa


O Governo do Estado entregou, nesta segunda-feira (10), 106 escrituras aos moradores do Conjunto Marinês, no Colinas do Sul, em João Pessoa, oficializando assim a posse dos imóveis que foram entregues em 2008. O local possui 200 unidades habitacionais que foram construídas por meio do Programa de Subsídio à Habitação (PSH). Estão sendo entregues as primeiras 106 escrituras relativas às unidades que são habitadas pelos beneficiários originais. As outras escrituras estão em análise da documentação para posterior entrega, por serem referentes a imóveis comercializados.
De acordo com a presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular da Paraíba (Cehap), Emília Correia Lima, estas escrituras representam uma vitória para as 106 famílias do Conjunto Marinês. “Nosso objetivo é entregar até o final do ano, o máximo possível de escrituras antigas, as quais desde 2011 lutamos para agilizar. Já entregamos várias escrituras no conjunto no Cidade Verde, em Sousa, em Alagoa Grande e outros locais e agora estamos fazendo a entrega das 106 escrituras do Conjunto Marinês. É uma grande conquista para estas pessoas”, observou.
O padrão das unidades habitacionais do Conjunto Marinês, no Colinas do Sul, contempla sala, cozinha, área de serviço, dois quartos e banheiro. Além disso, o local possui infraestrutura básica contando com abastecimento de água, esgotamento sanitário e energia elétrica.
Para seu Francisco Justino receber a escritura de sua moradia representa a certeza de que ele é oficialmente o dono do imóvel. “Isso é um sonho realizado. Uma casa sem documento não é realmente nossa, é como se fosse algo emprestado. Agora que vou receber a escritura, me sinto realizado”, falou.
Dona Josinete Justino é esposa de seu Francisco e comentou que esperou muito tempo pela escritura. “A partir de agora posso dizer que tenho a casa garantida. Desde 2008, que moro lá no Conjunto Marinês e hoje estou aqui com meu esposo para receber a escritura que confirma que a nossa casa é da gente”, comemorou.
Felicidade compartilhada pela costureira Maria de Fátima que também veio receber a escritura de sua moradia no Conjunto Marinês. “Tenho 54 anos e há 10 anos batalho para receber esta escritura. É uma satisfação saber que minha casa é oficialmente minha, é uma alegria imensa”, disse.

Assessoria 

Postar um comentário

0 Comentários