Estado apura pagamento ilícito de gratificações para servidores

A presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular da Paraíba, Emília Correia Lima, determinou a constituição de uma comissão de sindicância para apurar irregularidades na folha de pagamento do órgão. A portaria foi publicada na edição deste sábado (22) do Diário Oficial do Estado.
De acordo com a medida, as servidoras Tatiana Paulino da Silva, Bruna Lima de Oliveira e Denise Maria dos Reis devem investigar erros no pagamento de gratificações, por meio de jeton.
O relatório conclusivo da comissão deve ser finalizado em até 30 dias, sendo possível acesso a toda documentação necessária, além de colher depoimentos e demais provas que possam contribuir com a investigação.
MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários