Câmara aprova reajuste salarial para servidores

A- A+
Os vereadores de Cabedelo aprovaram, na última quinta-feira (23), reajuste para servidores da Casa e da Prefeitura.
Os assistentes de apoio comum da Câmara Municipal de Cabedelo receberão um acréscimo de R$ 500 em seus vencimentos. Outro aumento concedido pelos vereadores da Câmara foi através da aprovação projeto de lei 097/18 que garantirá aos profissionais da saúde do município um aumento salarial de 10 a 40% de acordo com cada categoria.
Os agentes comunitários de saúde e agentes comunitários de endemias também serão contemplados com aumento salarial conforme a lei 096/18. A remuneração destas categorias passará para R$ 1.216. Em requerimentos aprovados o vereador Janderson Brito (PSDB) solicitou a reimplantação do quinquênio e retroativo das duas categorias de servidores.
A extinção de 217 cargos da administração da Prefeitura Municipal de Cabedelo foi aprovada com unanimidade. O projeto de lei de lei 095/2018 é de autoria do prefeito Victor Hugo prevê a exclusão dos cargos para que o dinheiro seja revertido em benefício para a população cabedelense.
Requerimentos
No plenário Luiz Góes também foram aprovados por unanimidade. O vereador Divino Felizardo (PRP) solicitou ao prefeito Victor Hugo um projeto de lei para a criação do Conselho Municipal dos Direitos das Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgênero e Simpatizantes de Cabedelo. A presidenta da casa, Geusa Ribeiro (PRP), solicitou uma sessão especial para discutir avanços, lutas e desafios nas trajetórias dos movimentos LGBT no município com participação das secretarias de saúde, de políticas públicas para mulheres, da assistência social e educação; A vereadora Graça Rezende requereu a criação do 14º salário para professores da rede municipal que lecionam nos ensinos fundamental 1 e 2 de Cabedelo.
Todos os projetos de leis e alterações serão enviados para a sanção do prefeito Victor Hugo.
MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários