APCA repudia ataque contra Bolsonaro



A Academia Paraibana de Ciência da Administração (APCA) aprovou, no ultimo final de semana, durante cerimônia comemorativa à passagem do Dia do Administrador, uma moção de repúdio ao ataque sofrido pelo presidenciável Jair Messias Bolsonaro (PSL) na última quinta-feira (6), em Juiz de Fora, Minas Gerais.
A moção foi proposta pelo presidente da academia Gustavo Nogueira. Segundo Gustavo, a manifestação não tem viés político, mas por considerar que o episódio é um crime contra a o Estado de Direito e a democracia.
Confira a nota:
Sobre o ATENTADO CONTRA A VIDA DE JAIR BOLSONARO

Moção de Repúdio
A APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração) realizou no sábado próximo passado, em conjunto com o CRA-PB (Conselho Regional de Administração da Paraíba) e o SINAP (Sindicato dos Administradores da Paraíba), solenidade comemorativa à passagem do 9 de setembro – Dia do Administrador, oportunidade em que também prestou homenagem especial a Administradores que presentemente exercem funções como Coordenador de Curso de Administração.
         Prestes ao encerramento do evento, o acadêmico Gustavo Maurício Filgueira Nogueira, requerendo a apreciação, em caráter especial, por parte dos demais membros da APCA, propôs que esta Academia emitisse nota à sociedade em que fique publicamente manifestado seu veemente repúdio ao atentado recentemente praticado contra a vida do candidato a Presidente da República, senhor Jair Bolsonaro, manifestação esta feita sem qualquer caráter político-partidário nem ideológico, mas estritamente em favor da Democracia, vez que referido atentado corresponde a um crime contra o Estado de Direito, especialmente contra a liberdade de expressão e o pluralismo político.
         A proposição foi aprovada à unanimidade de todos os Acadêmicos da APCA que compareceram ao evento realizado no recente sábado, dia 8, razão pela qual, nesta data, está sendo emitida a presente Moção de Repúdio ao atentado contra a vida do candidato a Presidente da República, Jair Bolsonaro, fato ocorrido na tarde de 6 de setembro em curso.
João Pessoa, 10 de setembro de 2018.
A DIRETORIA
MaisPB

Postar um comentário

0 Comentários