Humilhado para a Glória, COM EDIR MARCEDO


O doente é humilhado por sua condição enferma;
O falido é humilhado por sua situação de miséria;
Os pais são humilhados pela má conduta dos filhos;
Os filhos são humilhados pela má conduta dos pais…
Enquanto o orgulho promove a desonra, a humildade precede a honra.
Mas, nem por isso o orgulho sai de moda. Desde os primeiros habitantes do planeta, o orgulho se faz presente.
Os presunçosos são os que mais pagam mico.
Ninguém é coisa alguma neste mundo.
A criatura humana só pode considerar-se alguma coisa se, e somente se, conhecer o Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Para tanto é preciso ser humilde ou estar humilhado.
O conhecimento do Senhor é a única coisa que justifica a glória humana.
O resto é resto e com o tempo desaparece.
Não é sábio trilhar o caminho do orgulho, vaidade ou arrogância, sob pena de acabar na rua da amargura.
Aprender tal lição constitui-se enorme desafio que, por conta da natureza humana, cada um tem de aprender sozinho.
O único jeito de o ser humano reconhecer o máximo de sua insignificância é quando está em aperto.
Seja no aperto da área sentimental, da saúde debilitada, da área familiar ou econômica.
Nesse caso, todos chegam rapidinho ao fundo do poço da humilhação e vergonha.
Assim sendo, não há alternativa senão render-se à humildade.
Ao contrário do que se pensa, Deus não é responsável por nossas desventuras. Antes, nós mesmos colhemos os frutos do que semeamos. Colhemos hoje o que plantamos ontem; colheremos amanhã o que semeamos hoje.
Nossas desventuras são criadas por nós mesmos.
É verdade que Ele tem permitido chegarmos ao nosso fundo de poço. Poço individual.
É que a compaixão Divina tem deixado nossa natureza ensinar o caminho da humildade, já que, por conta do orgulho, não damos ouvidos à Sua Palavra.
A humilhação dos sofrimentos conduz a alma à humildade e, consequentemente, a honra. Isso se recorrermos ao Criador.
Um felizardo dessa lição reconheceu o sofrimento como porta de entrada da salvação e confessou: POSTADO POR FERNANDO COUTINHO - NAÇÃORURALISTA.COM.BR

Postar um comentário

0 Comentários