CAPS encerra Campanha Janeiro Branco no município de Sumé

 O Centro de Atenção Psicossocial de Sumé (CAPS), realizou na quarta-feira (25/01) o encerramento da Campanha Janeiro Branco.
 
Os usuários do CAPS e os funcionários participaram de uma caminhada pelas ruas do bairro de Várzea Redonda com o objetivo de unir as pessoas em torno da causa.
 
A Campanha Janeiro Branco, faz do mês de janeiro um marco temporal estratégico para que todas as pessoas reflitam, debatam e planejem ações em prol da saúde mental e da saúde emocional para ter mais felicidade e qualidade de vida.
 
Desde o ano 2000, a Organização Mundial da Saúde vem alertando a humanidade quanto ao crescimento das taxas de suicídio, depressão e ansiedade em todo o mundo.
 
A Campanha Janeiro Branco teve início no Brasil em 2014, e este ano foi a primeira vez que o CAPS de Sumé promoveu o debate a cerca do tema com rodas de conversa, oficinas terapêuticas e participação em programas de rádio.
 
O mês de janeiro foi escolhido por, simbólica e culturalmente, representar a renovação das esperanças, projetos e planos de vida das pessoas.
 
A cor branca foi escolhida por representar a possibilidade de partida de qualquer projeto, de inícios e reinícios possíveis simbolizando a paz e a pureza das intenções.
 
Para o psicólogo do CAPS, Divanício Pessoa, é importante falar sobre o tema, pois a saúde mental muitas vezes ainda é alvo de preconceito, e ela não está ligada somente a transtornos mentais, mas também a outros problemas do cotidiano, como a depressão, o suicídio, o alcoolismo, a pressão no trabalho, os desencontros amorosos, a capacidade de saber reagir diante das dificuldades e muitos outros fatores externos.
 
VITRINE DO CARIRI TABEM NAÇÃORURALISTARADIOJORNAL.COM.BR
Ascom

Postar um comentário

0 Comentários