DESCORTESIA: PMDB não convida Vené para festa de confraternização

Um gesto de descortesia, foi como Veneziano classificou a falta de convite a ele e ao suplente André Amaral para a confraternização do PMDB ontem, no Gulliver. O deputado também afirmou que o encontro de ontem não pode ser tido como do PMDB, pois o que menos tinha lá era peemedebista e sim tucanos e pessedistas.


Veneziano foi perguntado se seu descontentamento com o partido seria um fator para sua saída: “Pelo contrário! Eles fazem tudo como forma de me convidar para sair, mas eu serei a voz da resistência dentro do PMDB. Eu sim sou PMDB e ajo como PMDB. Vou resistir dentro do partido”. (blog do tiao lucena)

Postar um comentário

0 Comentários