Cartaxo diz que não tem dúvidas na posse de Manoel Júnior como vice-prefeito de JP

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), garantiu que o vice-prefeito, deputado federal Manoel Júnior (PMDB), assumirá o cargo em 1º de janeiro de 2017. Para isso, ele terá que renunciar ao mandato na Câmara Federal. Cartaxo não vê problemas nisso e argumenta que não há dúvida na posse do seu vice.
O prefeito, durante solenidade nesta sexta-feira (21), também defendeu um amplo diálogo com os vereadores para um consenso na formação da mesa-diretora da Câmara Municipal de João Pessoa. Ele disse que continua trabalhando, sem se preocupar com essa disputa. "A gente não pode viver em função de uma eleição que só vai acontecer no dia 1º de janeiro de 2017. É preciso que todo mundo junto estenda as mãos em favor da cidade de João Pessoa", comentou. 

Contudo, Luciano admite conversar com sua base aliada e com a opsoição para tratar da escolha do novo presidente da Câmara. "Nós vamos ter a oportunidade de fazer esse bom diálogo, sem imposição, estabelecendo uma argumentação pra que possamos chegar uma consenso em torno da mesa-diretora. Meu papel é de facilitador e de entendimento, para que a gente possa construir um bom diálogo não apenas para a mesa-diretora, mas para uma parceria em favor da cidade", disse. 

O prefeito argumentou ainda que Manoel Júnior como vice-prefeito é muito importante para João Pessoa. "Eu tive com Manoel Júnior agora em Brasília. É um parceiro importante, junto com os 12 deputados federais e os três senadores e fomos contemplados com uma emenda de bancada muito importante para a cidade", observou. "Manoel Júnior, antes de assumir a vice, já está trabalhando pela cidade. Isso é que é importante". 

Postar um comentário

0 Comentários