quarta-feira, 13 de julho de 2016

Justiça Eleitoral condena pré-candidata a vereadora à multa de R$ 53 mil

Uma pré-candidata a vereadora em Cabedelo foi condenada a pagamento de multa de R$ 53,2 mil por divulgação ilícita de enquete eleitoral em redes sociais. A informação foi confirmada pela Justiça Eleitoral nesta terça-feira (12).
Leia mais Notícias no Portal Correio e naçãoruralista.com.br
De acordo com o processo, a pré-candidata teria apresentado uma pesquisa em seu perfil no Facebook. A legislação eleitoral não permite a divulgação de enquetes ou pesquisas que não tenham sido registradas para fins legais.
“Toda e qualquer divulgação de enquetes contendo dados estatísticos sobre possíveis tendências do eleitorado a respeito de candidaturas ou pré-candidaturas é ato ilícito, punível administrativa e criminalmente”, diz um trecho da decisão.

A sentença partiu do juiz eleitoral Kéops Vasconcelos, da 57ª Zona de Cabedelo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário