Adriano já tem o apoio de sete partidos

A pré-candidatura de Adriano Galdino à Prefeitura de Campina Grande ganhou mais três importantes apoios nesta terça-feira (12). Durante entrevista coletiva realizada na Associação Campinense de Imprensa (ACI), o Partido Social Liberal (PSL), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) e o Partido Republicano Progressista (PRP) anunciaram apoio ao projeto político do atual presidente da Assembleia Legislativa do Estado.
Com as adesões anunciadas no dia de hoje, o projeto político do Partido Socialista Brasileiro (PSB) já tem o apoio de sete partidos. O PSL, PRTB e PRP se juntam ao Partido Comunista do Brasil (PC do B), Partido Trabalhista do Brasil (PT do B), Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Democrático Trabalhista (PDT) no arco de alianças do candidato que tem dito que seu objetivo é tirar Campina Grande da atuação de estagnação de investimentos e caos em diversos setores, a exemplo da saúde.
Para Adriano Galdino, uma campanha política se faz em grupo e ele recebe com muita satisfação o apoio dos partidos. "Esse é um momento em que os partidos da base do governo estão ratificando o apoio ao projeto político do PSB. Vamos juntos solidificar nossa candidatura, para quando iniciar efetivamente a campanha eleitoral possamos somar ainda mais força com o apoio dessas e de outras legendas", destacou.
O pré-candidato destacou ainda que as plenárias realizadas pelo PSB demonstram o quanto o atual prefeito esqueceu nos bairros mais humildes. "Campina Grande precisa retomar o crescimento o mais rápido possível. Nossa caminhada tem ouvido o descaso que a gestão municipal tem feito. Precisamos mudar isso. Faço política vencendo dificuldades e hoje estou convencido que nosso projeto pode vencer essas eleições", salientou. 
Já Thompson Mariz, presidente municipal do PSB, ressaltou o trabalho que o partido tem feito nessa pré-campanha. "Essas adesões são frutos do reconhecimento do esforço que nossa legenda tem feito em torno de uma candidatura que possa presentear Campina Grande com uma gestão espelhada na que o governador Ricardo Coutinho fez nos últimos anos na Paraíba", ressaltou.
O evento também contou com as presenças dos deputados Inácio Falcão e Zé Paulo de Santa Rita. Para Inácio, que falou em nome do PT do B, a pré-candidatura de Adriano cresce cada dia mais à medida que a população da cidade vivencia a necessidade de mudança em função do caos que se instalou na cidade. Já Zé Paulo enfatizou o perfil batalhador de Adriano. "Quando começamos de baixo e atingimos o objetivo damos o real valor das coisas. Assim como Ricardo que deixou seu nome na história como governador, Adriano vai fazer em Campina uma gestão com muito trabalho e benefícios para a população", garantiu.
Já Álvaro Neto, ex-deputado federal e presidente do PSL em Campina, vê que a pré-candidatura de Adriano demonstra que chegou a hora de Campina expandir seu crescimento e se desenvolver como os campinenses querem. "Campina vai disparar e se multiplicar. Os empregos serão oferecidos ao povo. Ao lado do governador Ricardo Coutinho vamos fazer essa cidade ser sacudida rumo ao progresso e desenvolvimento", pontuou.
Fábio Carneiro, presidente estadual do PRTB, revelou sua satisfação na adesão à pré-candidatura do PSB e disse que "Adriano é um candidato que está propondo uma revolução em Campina, quebrando paradigmas e implantando o projeto que o PSB fez no Estado e nas cidades que comanda a gestão municipal". 
A presidente do PRP de Campina Grande, Maria da Luz, falou que a união em torno do candidatura socialista se faz em função da forma que o PSB tem de governar. "Estamos aqui com o pensamento voltado para uma cidade melhor, e o PSB já demonstrou que o crescimento se faz com trabalho e não com velhas formas de governar. O PSB tem pessoas com compromisso e que sabem administrar, tanto que diversos projetos ganharam destaque e estão sendo implantados em outros estados, como o Cidada Madura", concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários